FESTA DAS PRIMÍCIAS

PÃES ASMOS = Êxodo 12:15-20 - Todo fermento tinha que ser retirado das casas. Retratava a pressa de Israel em sair do Egito. A pressa de sair do Egito (simbolizando o pecado, escravidão), sai logo da velha vida, não fique preparando nada. Em I Cor. 5:7-8 – fermento simboliza malícia e maldade.

FESTA DAS PRIMÍCIAS = Lv. 23:10-11 – Retrata e prediz a ressurreição de Jesus. Assim como a festa dos pães asmos fala sobre a nossa fuga apressada da prática do pecado, assim também as Primícias falam dos primeiros frutos de caráter de Cristo em nós.
Na Palestina, a colheita principal é feita durante o sétimo mês judaico, na Festa dos Tabernáculos (Setembro/Outubro). Uma parte da plantação amadurecia no mês de Abril (Abibe); antes da colheita principal, que viria mais tarde. As primícias são colheitas que amadurecem fora de época.
Este trigo precoce era colhido, reunido num feixe, e apresentado no Templo como primícia. Os sacerdotes moviam diante do Senhor como oferta movida.
Essas ofertas eram especiais porque eram colhidas fora de época, e todo fruto fora de época é mais raro, sofre mais, é mais caro...

PRIMÍCIAS = HABICURIM (Lv. 23:9) A palavra primícias no hebraico é habicurim. As Primícias era comemorada 3 dias e 3 noites depois da Páscoa (Lv.23:12), quando as primícias da terra eram ofertadas ao Senhor, e 49 dias antes do Pentecoste. Deus requeria apenas um molho de cevada. A Festa das Primícias é também designada "festa das segas dos primeiros frutos (Ex.23:16)."

O uso do fermento era proibido na Festa dos Pães Asmos e na Festa da Páscoa, porém poderia ser usado na Festa das Primícias (Lv.23:17,18). O fermento é considerado pelas Escrituras como tipo da presença da impureza e do mal Lv.2:11; Dt.16:4; Mt.16:6,12;
Portanto os dois pães levedados a serem movidos, representam Israel e os gentios formando a Igreja. O fermento é sinal da imperfeição no meio do povo de Deus (Mt.13:33).

CRISTO A PRIMÍCIA -ICor. 15:20-24- Mas na realidade Cristo foi ressuscitado dentre os mortos, sendo ele as primícias dos que dormem. Porque, assim como por um homem veio a morte, também por um homem veio a ressurreição dos mortos. Pois como em Adão todos morrem, do mesmo modo em Cristo todos serão vivificados. Cada um, porém, na sua ordem: Cristo as primícias, depois os que são de Cristo, na sua vinda. Então virá o fim quando ele entregar o reino a Deus o Pai, quando houver destruído todo domínio, e toda autoridade e todo poder.
A ressurreição de Yeshua ocorreu no domingo, antes do nascer do sol, 3 dias e 3 noites após a sua morte. Ele não ficou exatamente 72 horas no túmulo, mas parte da sexta-feira (das 16:00 às 18:00 h. = 2 horas), o sábado inteiro (das 18:00 às 18:00 h. = 24 horas) e parte do domingo (das 18:00 às 06:00 h. = 12 horas. "O Filho do Homem será entregue nas mãos dos homens, e o matarão; mas três dias depois da sua morte, ressuscitará" (Mc.9:31).

A ressurreição de Cristo e, analogicamente, a oferta das primícias, representavam a consagração de toda a colheita a Deus e serviram como um penhor, ou garantia, de que a totalidade da colheita ainda se realizará na ceifa (Rm.8:23; 11:16; ICo.16:15). Portanto, Cristo na qualidade de Primícias da Ressurreição, consagrou a Deus toda a colheita (Hb.2:13).

PRIMÍCIAS DA RENDA Pv. 3:9 Honra ao Senhor com os teus bens, e com as primícias de toda a tua renda;

PRIMÍCIAS PARA OS SACERDOTES Ez 44:30 - Igualmente as primícias de todos os primeiros frutos de tudo, e toda oblação de tudo, de todas as vossas oblações, serão para os sacerdotes; também as primeiras das vossas massas dareis ao sacerdote, para fazer repousar uma bênção sobre a vossa casa.
PRIMÍCIAS DO ESPÍRITO – Rom. 8:23 - e não só ela, mas até nós, que temos as primícias do Espírito, também gememos em nós mesmos, aguardando a nossa adoração, a saber, a redenção do nosso corpo.
Sem dúvida aponta de volta para o dia de pentecostes e a tudo o que isso significa: A presença habitadora do Espírito Santo, os dons, a regeneração, a santificação e adoção de filhos.

Paulo como Primícia I Cor. 15:8

LIDERANÇA, AS PRIMÍCIAS - FAMÍLIA DE ESTEFANAS – I Cor. 16:15 - Agora vos rogo, irmãos - pois sabeis que a família de Estéfanas é as primícias da Acaía, e que se tem dedicado ao ministério dos santos - que também vos sujeiteis aos tais, e a todo aquele que auxilia na obra e trabalha.

NÓS SOMOS AS PRIMÍCIAS DA CRIAÇÃO – Tg 1:18 - Segundo a sua própria vontade, ele nos gerou pela palavra da verdade, para que fôssemos como que primícias das suas criaturas.


Voltar